Filme: ET - Extraterrestre

O ano de 1982 nos trouxe um presente especial e eterno: o filme ET: O Extraterrestre. Quem não se lembra de assisti-lo quando criança e se emocionar com a amizade entre o menino Elliot e o ET? E vocês já repararam que a sua estreia foi há mais de 30 anos?

É um legado que Steven Spielberg deixou pela história, produção e sucesso de bilheteria do filme. Na época, teve a maior bilheteria de todos os tempos e só perdeu a posição com o lançamento de Jurassic Park (também de Spielberg). Se considerarmos a inflação e demais ajustes monetários, o filme ET ainda seria o quarto filme com maior bilheteria na história do cinema!

Edição de Colecionador do filme ET O Extraterrestre

E, quando vemos e revemos esse filme tão inesquecível, mesmo depois de adultos, percebemos a razão de tanto sucesso. Um roteiro diferente de qualquer outro filme que fale sobre extraterrestres na Terra.

É aquele filme que merece fazer parte com lugar reservado na nossa coleção de DVDs e Blurays, né?! Ainda mais com essa Edição de Colecionador fantástica com Blu-ray e cópia digital que você encontra no Submarino. Lembrando que o Submarino está em comemoração de aniversário e, além de preços incríveis, você tem reembolso inédito: 5% do dinheiro de volta! Mas atenção: esse reembolso inédito vale apenas até o dia 19/09/2013, que é quando acabam as promoções desse aniversário do Submarino.

Mas se você prefere uma versão mais simples, a Saraiva também tem o filme disponível. E você também pode aproveitar o dinheiro de volta com o Meliuz!

Compre na Saraiva com desconto e parte do dinheiro de volta

Descontos Especiais e 2% do dinheiro de volta pelo Meliuz

Compre no Submarino com desconto e parte do dinheiro de volta no Meliuz

Descontos e 5% de reembolso no Aniversário Submarino

 

 

 

 

 

15 Coisas que você não sabia sobre o filme ET

Cena do filme ET: Extraterrestre

  1. A ideia inicial de Spielberg era fazer um filme chamado “Night Skies” (Céu Noturno, em tradução livre) em que aliens aterrorizavam uma família. Mas ele resolveu alterar o conceito do filme por completo e fazer um extraterrestre dócil que fica amigo de uma criança.
  2. O rosto do ET foi baseado no poeta Carl Sandburg, Albert Einstein e cães pug.
  3. O som feito pelo andar do ET era, na verdade, produzido por uma camiseta molhada cheia de gelatina.
  4. A voz do ET foi feita principalmente por uma senhora que fumava dois maços de cigarro por dia e, por isso, tinha um timbre interessante para a produção da sua voz. Além disso, o criador de efeitos sonoros também utilizou, para produzir os sons emitidos pelo ET, o próprio Spielberg, a atriz Debra Winger, a sua esposa enquanto estava dormindo e resfriada, o arroto de um de seus professores da USC, guaxinins, lontras e cavalos.
  5. Steven Spielberg fez questão de fazer as filmagens com as câmeras na altura de crianças, para mostrar o ponto de vista e haver maior conexão com Elliot e ET.
  6. Na primeira metade do filme, o único rosto adulto que aparece é o da mãe de Elliot.
  7. ET não é macho nem fêmea e teria mais de 10 milhões de anos de idade.
  8. Drew Barrymore, que fez o papel de Gertie, teve um momento nas gravações em que ela não conseguia se lembrar de nenhuma fala, chegando a irritar Spielberg que acabou por gritar com ela. Porém, ele descobriu que ela estava doente e com muita febre. Arrependido, ele a abraçou e pediu desculpas enquanto ela chorava. Depois disso, deram uma pausa para que ela pudesse ir pra casa descansar.
     
    Drew Barrymore em ET: Extraterrestre
  9.  

  10. Como estava muito difícil de fazer com que a trilha sonora de John Williams correspondesse perfeitamente à edição feita das cenas finais do filme, Spielberg pediu que Williams apenas conduzisse a orquestra da maneira que achasse melhor, como se estivesse num concerto. Com isso, o final do filme foi editado com base na trilha sonora e não o contrário, como é comum. O resultado foi o Oscar de Melhor Trilha Sonora Original para John Williams pelo filme ET.
  11. Apesar de não haver nenhuma menção clara, a música “Heartlights” de Neil Diamond foi inspirada nesse filme.
  12. Os médicos e enfermeiras que cuidaram do ET no filme realmente trabalhavam em pronto-socorro e foram direcionados a agir como se estivessem tratando de um paciente de verdade, para que suas ações e diálogos parecessem mais reais.
  13. Spielberg fez todas as gravações em ordem cronológica. Dessa forma, a resposta das crianças, principalmente, seria mais real. E funcionou tanto que as crianças se emocionaram de verdade na última cena.
  14. Steven Spielberg e Melissa Mathison pensaram numa continuação do filme em que aliens de outra espécie sequestram Elliot e seus amigos e o ET (que descobrem chamar Zreck) se aventura para salvá-los.
  15. Quando o filme foi exibido no Festival de Cannes, apenas como um teste, todos os presentes aplaudiram de pé, já adiantando o sucesso que o filme faria.
  16. Em seu teste para fazer parte do elenco, Henry Thomas (que fez o papel de Elliot) teve que improvizar uma cena em que o agente do governo quer levar embora o ET, que está na casa de Elliot. Para isso, ele pensou no dia em que seu cão morreu para conseguir expressar a tristeza de perder o ET, que seria seu melhor amigo. A sua atuação foi tão fantástica que Spielberg deu o papel para ele no mesmo momento, como você pode ver no vídeo (sem legendas) abaixo:

Conheça o Meliuz
Sobre o autor:

Fissurada em filmes, livros e seriados e em discutir tudo sobre eles. Tem uma coleção de sapatos que não para de crescer e vive pensando em maneiras de deixar sua casa mais a sua cara.