ana-lidia-lopes

Ana Lídia Lopes é a grande vencedora do Desafio Méliuz

Com apenas 17 anos, a mineira de Unaí é a grande vencedora do Desafio Méliuz. Após desbancar mais de 4.500 inscritos, Ana Lídia Lopes conquistou o público com seu jeito alegre e sua história inspiradora. Como prêmio, vai receber R$ 20 mil e terá o direito de gravar um vídeo com cada uma das madrinhas do concurso. “Mais do que premiar a vlogueira preferida do público, o Desafio tem o objetivo de incentivar projetos inovadores e ajudá-los a se destacar”, afirma Israel Salmen, fundador do Méliuz.

Refém de alisamento, escova e chapinha, aos 15 anos, Ana Lídia decidiu reassumir seus cachos e compartilhou a transição capilar em seu canal no YouTube, Apenas Ana. Criativa e perfeccionista desde criança, ela produziu vídeos divertidos que foram vistos por milhares de garotas que, como ela, se sentiam inseguras por serem “diferentes”. O cabelo errado, como diz Ana, acabou se tornando o caminho certo para sua libertação.

A autoaceitação trouxe mais beleza e segurança à menina que passava mais de 3h alisando o cabelo. A partir do seu exemplo, muitas outras também assumiram seus cachos e se acharam lindas. Mais do que dicas de beleza, o canal fala sobre autoaceitação, empoderamento feminino e amor próprio.

Os frutos? Mais de 145 mil inscritos em seu canal no YouTube (antes do Desafio eram 25 mil); 3 milhões de visualizações; um vídeo com a famosa Youtuber Jout Jout; depoimento e fotos de milhares de meninas que se aceitaram e assumiram seus cachos; e o título de campeã do Desafio Méliuz 2016.

O Desafio Méliuz

O Desafio Méliuz Vlogs Edition teve início em outubro de 2015. Na última etapa, as três finalistas – Ana Lídia Lopes, Carina Fernandes e Camilla Moraes – tiveram que produzir um vídeo sobre a história de suas vidas.

Com o apoio das madrinhas, que além de canais de sucesso no YouTube possuem grande influência digital – Taci, do canal Taciele Alcolea (mais de 2 milhões de inscritos), Niina, dona do Niina Secrets (mais de 1,7 milhão de seguidores), e Evelyn, da página Evelyn Regly (mais de 1,5 milhão) -, os participantes receberam dicas e mentoria para melhorar a qualidade dos vídeos, alavancar seus canais e conquistar mais inscritos. “No início, é fundamental que todo projeto receba orientação de quem já está lá na frente e passou por todas as etapas. Isso faz muita diferença e facilita a caminhada.”, conta Israel, que também recebeu e continua recebendo este tipo de apoio.

Em 2012, um ano após sua fundação, o Méliuz foi uma das cem empresas selecionadas para participar do Startup Chile, um programa de aceleração que fornece mentorias, contato com uma rede mundial de empreendedores, além de investimento financeiro. Em 2016, Israel e seu sócio Ofli Guimarães (co-fundador do Méliuz), tornaram-se Empreendedores Endeavor – organização sem fins lucrativos que contribui para o crescimento de negócios de alto impacto ao redor do mundo.

Esta é a segunda vez que o Desafio Méliuz, que foi lançado em 2014, é realizado. Com um tema diferente a cada ano, a primeira edição da competição foi voltada para startups. Após vencer a disputa com outras 650 empresas, a startup Me Atende recebeu R$ 50 mil e cinco meses de consultoria.